Ilícitos – Kant, Krawk, Thiago

Ilícitos – Kant, Krawk, Thiago

Informações da Música

Artista / Banda:
Nome da Música: Ilícitos
Gênero Músical: Hip Hop / Rap

Video da Música

Letra da Música

[Krawk]
Calma, querida, calma, querida
Não precisa ficar puta da vida
Porque sua amiga, porque sua amiga
Disse que me viu trajado de Adidas
Com duas bandida, duas bandida
Dentro da BM sentando na pica
É tudo mentira, é tudo mentira
Eu nem tava de Adidas

Menina gostosa e safada que senta e rebola olhando pra trás
Tu sabe que eu gosto muito desse jeito
E você tem um ano que faz
Mas vai com calma, não se emociona que ainda tá cedo demais
Não quero cobrança, só quero dinheiro
Empilhando essas notas em paz
Depois do fim de semana ela pede mais
Até dia de semana ela pede mais
Ela quer sentar em mim, então vem e faz
Quando tá na minha casa, ela desce mais
Quando eu tô contando grana, ela pede mais
Essa mina nunca cansa, ela pede mais
Então desce essa boca, vem no dom, dom, dom
Linda, tudo que você faz é bom demais

[Kant]
Em tempo de guerras incerto já
Joias, pérolas, cédulas
Patrícias, Alexis Carrel
Quero elas, miro no dólar e me perco lá
Uma bitch, um vinho, pego lá
Ela fode, para na minha vara
Foge para minha casa, quer vim pro lar
Tem medo de altura e quer vir pular
Me sentindo vital, que tal um cristal? Uh, toma help
Meu drip surreal, letal, legal, uh, como Tomas Shelby
Onde eu tava ninguém vai, tira o olho da grife, viu o quê?
Consegui todas essas joias sem tá portando um rifle

Vivendo ilícito, deixando explícito
Me sentindo cumplicido
Que me gera eu multiplico
Põe na conta dos malditos
Que eles são meus amigos e vamo torrar isso
Vivendo ilícito, deixando explícito
Me sentindo cumplicido
Que me gera eu multiplico
Põe na conta dos malditos
Que eles são meus amigos e vamo torrar isso

[Thiago]
Vida cara, baby, se acostuma
Pisando leve, passando igual pluma
Baile tá liso tipo uma uva
Pingando joia, pega o guarda-chuva
Fogo na bomba que nós tumultua
O grave bate e eu me sinto na lua
Cara de safada, ela rebola no
Sempre mergulhando dentro dessa pussy
Dex explode igual dinamite
Kant me chamou, eu falei que era hit
Me chama na Aldeia, não sabe o que é limite
Cash tá comigo, eu não quero palpite
Vou lançar meu carro, não
Inacreditável vejo o Babu
Tirei uma carta achando que eu tava doido
Eu vi desse jeito que ia encher meu bolso

[Kant]
Vivendo ilícito, deixando explícito
Me sentindo cumplicido
Que me gera eu multiplico
Põe na conta dos malditos
Que eles são meus amigos e vamo torrar isso
Vivendo ilícito, deixando explícito
Me sentindo cumplicido
Que me gera eu multiplico
Põe na conta dos malditos
Que eles são meus amigos e vamo torrar isso

Disponível nas Plataformas Digitais



Músicas Relacionadas